Bolsa de Doutoramento PBDL/BDE/18

Anúncio de Abertura de Concurso para Bolsa de Doutoramento em Empresa, Ref.ª: PBDL/BDE/18

Hovione FarmaCiencia SA (Hovione) é uma empresa portuguesa especializada na área das ciências da saúde, dedicando-se à investigação, desenvolvimento e produção de Substâncias Ativas Farmacêuticas (APIs), e de produtos formulados para as áreas da Inalação pulmonar e de administração oral de fármacos. A Hovione mantém uma posição de inovação e vanguarda a nível internacional na área da química farmacêutica, como demonstrado no total de cerca de 400 patentes concedidas a nível mundial. Os produtos e procedimentos desenvolvidos na Hovione seguem os mais elevados padrões de conformidade estabelecidos pelo International Conference Harmonisation (ICH), Food and Drug Administration (FDA) e pelas Autoridades de Saúde dos países Europeus e Japão.
 

Como parte integrante da Estratégia de Inovação da Hovione, o Programa Doutoral entitulado “Processability, bioavailability and drug load: Opening the door to alternative excipientes” foi criado, tendo-lhe sido atribuída uma bolsa de doutoramento em empresa (BDE).

Assim, nos termos do Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei Nº. 40/2004, de 18 de agosto, alterada pelo Decreto-Lei n.º 202/2012, de 27 de agosto, e alterado pelo Decreto-Lei nº 233/2012, de 29 de outubro e pela Lei nº 12/2013, de 29 de janeiro e pelo Decreto-Lei nº 89/2013, de 09 de julho do Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e Tecnologia, IP (FCT), em vigor, encontra-se aberto concurso para a seleção de bolseiros e atribuição de uma bolsa individual: 

 

BOLSA A CONCURSO
O presente concurso é aberto para uma Bolsa de Doutoramento em Empresa (BDE) com os termos e características constantes do artigo 6º do Regulamento de Bolsas de Investigação da FCT em vigor no ano de 2022.  

 

ÁREA CIENTÍFICA
Engenharia química, engenharia de materiais, ciências farmacêuticas ou química.

 

REQUISITOS DE ADMISSÃO
Podem candidatar-se a este concurso os mestrados em Engenharia Química/Farmacêutica/de Materiais, química ou Ciências Farmacêuticas com classificação mínima de 16 valores. Será dada preferência a candidatos com experiência comprovada em áreas relacionadas com o plano de trabalho detalhado abaixo e fluentes em inglês.

Características pessoais: Entusiasmo, organização e objetividade; Sentido analítico (atenção aos detalhes); Sentido de responsabilidade e ética; Capacidade de analisar e resolver problemas; Boas habilidades interpessoais.

 

PLANO DE TRABALHOS
Este trabalho visa ampliar o portfólio de excipientes a serem utilizados no desenvolvimento de dispersões sólidas amorfas (ASDs) a fim de aumentar sua biodisponibilidade oral, melhorar sua processabilidade em formas farmacêuticas orais e aumentar a sustentabilidade do processo. Será feito um estudo detalhado de excipientes biodegradáveis que permitem aumentar a solubilidade e manter a estabilidade físico-química de fármacos amorfos (DCS classe II/IV) com especial enfoque no seu perfil de dissolução e absorção. Este trabalho incluirá a produção de protótipos de dispersões amorfas por spray-drying, bem como a produção de comprimidos com as dispersões amorfas mais promissoras.

ASDs e formulações finais serão caracterizados levando em consideração as suas propriedades físico-químicas, desempenho de dissolução biorrelevante, permeação, farmacocinética e flow.

A actividade do bolseiro deve centrar-se nas seguintes tarefas:

  • Revisão de literatura e definição de bench work; Caracterização fundamental de excipientes alternativos.
  • Formulação de APIs pouco solúveis com novos excipientes benchmarking com estratégias de formulação atuais (por exemplo, ASD com polímeros solúveis).
  • Caracterização física e de desempenho das diferentes formulações e benchmark contra excipientes comumente usados. Amplie as formulações mais promissoras e caracterize-as em termos de estabilidade e capacidade de fabricação.
  • Estudos de biodisponibilidade in vivo
  • Escrita da tese.
     

 

LOCAL DE TRABALHO
A execução do programa terá lugar nas instalações da Hovione, em estreita colaboração com o Instituto Superior Técnico.

 

ORIENTAÇÃO
A orientação científica do programa caberá à Professora Vanda Vaz Serra (Orientador Instituto) e Professora Silvia M. B. Costa (Co-orientador Instituto), Maria Paisana (Orientador Hovione) e Inês Ramos (Cor-Orientador Hovione).

 

DURAÇÃO
A bolsa a concurso tem a duração máxima de 4 anos, é concedida em regime de tempo integral sendo atribuída anualmente, por períodos de 12 meses sucessiva e automaticamente renováveis, exceto se nos termos da legislação aplicável o bolseiro não cumprir os deveres que lhe são impostos. A bolsa tem início previsto em Setembro de 2022, em regime de exclusividade.

 

DESTINATÁRIOS
São destinatários do presente concurso qualquer pessoa que reúna as condições para participar no Programa. 

 

PERÍODO DE APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS
O concurso está aberto entre 23/05/2022 e 07/06/2022.

 

CANDIDATURAS
As candidaturas deverão ser formalizadas, obrigatoriamente, através de carta de motivação para o endereço de correio eletrónico phds@hovione.com fazendo referência ao Programa e respetivo anúncio, acompanhadas dos seguintes documentos: Carta de Motivação, Curriculum Vitae do bolseiro detalhado [comprovando os requisitos acima referidos], cópia do certificado de habilitações, indicação clara de um endereço de email e de um telefone para contacto, indicação de contacto detalhado de 2 pessoas como referências bem como outros documentos que o candidato considere relevantes para a avaliação da sua candidatura.

Apenas serão consideradas as candidaturas recebidas até às 17:00h do dia 7 de junho de 2022.  
 

 

AVALIAÇÃO

Os métodos de seleção a utilizar serão os seguintes:

  1. Avaliação preliminar dos CVs por parte dos Recursos Humanos;
  2. Testes psicotécnicos (fator eliminatório) – candidatos com resultados negativos não serão considerados para os pontos ii, iii, iv e v;
  3. Mérito científico tendo em conta o Curriculum vitae do candidato, nota da Licenciatura/Mestrado (mínimo 16/20), participação em projetos de investigação, adequação do perfil do candidato ao tema do Programa e experiência do candidato no tema do Programa;
  4. Nível de Inglês;
  5. Carta de motivação;
  6. Entrevista.

Cada item será valorizado numa escala de 0-20, com a seguinte ponderação: Curriculum vitae e experiência (40%), inglês (10%), carta de motivação (10%) e entrevista (40%).

A avaliação das candidaturas caberá ao Painel de Avaliação definido nos termos do artigo 11º do Regulamento de Bolsas de Investigação da FCT.

 

PAINEL DE AVALIAÇÃO
O Painel de Avaliação é composto pelo painel de Orientador Hovione, Recursos Humanos e pela Gestora de Projecto de Inovação da Hovione.

 

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS
Os resultados da avaliação apresentados em listagem ordenada por ordem decrescente, são divulgados através do sítio da Hovione e do envio de correio eletrónico dirigido aos candidatos, no prazo fixado no artigo 12º do Regulamento de Bolsas de Investigação da FCT. 

 

FINANCIAMENTO
A Bolsa a concurso tem o valor de € 1,144.64€ valor que está conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País,  e é financiada a 100% pela Hovione. O pagamento da bolsa será efetuado com a periodicidade mensal. 

O valor das propinas da Instituição Académica será igualmente suportado na sua totalidade pela Hovione.
 

 

ESCLARECIMENTOS
Apenas são prestados esclarecimentos aos pedidos efetuados através de correio eletrónico para o endereço phds@hovione.com